Checklist de Vistoria em Imóvel

  • por ectual
  • 3 anos atrás
  • 1
Depois de muito se planejar para a compra de seu imóvel, é chegado o grande dia. Todo o processo de compra de sua casa ou apartamento, desde o primeiro contato com o corretor até a entrega do mesmo requer uma série de cuidados especiais para que você não seja surpreendido.

Neste artigo, nós da Ectual selecionamos para você um checklist de vistoria em imóvel:

  • Antes de fechar qualquer negócio, pesquise o histórico da construtora em sites como o do Procon (www.portaldoconsumidor.gov.br) e o da Comissão de Valores Mobiliários (www.cvm.gov.br)
  • Verifique na prefeitura e no Cartório de Imóveis se o empreendimento está regular.
  • Veja se a data de entrega da obra e os meses contemplados para atraso estão no contrato.
  • Guarde o folheto do lançamento: ele pode ser útil no futuro, caso a empresa não cumpra o que vendeu.
  • Procure saber se haverá prédios na frente do seu, principalmente se a vista for um diferencial de venda
  • Tenha o Memorial Descritivo em Mãos – Ao levar o memorial descritivo, o cliente conseguirá checar se todos os materiais aplicados seguiram as especificações. Também vale a pena levar os folders e materiais promocionais como material de apoio.
  • Pense em morar perto dos locais aonde vai diariamente, como o trabalho e a escola dos filhos. Visite o endereço em dias e horários variados para não ser surpreendido por feiras que bloqueiam a rua ou por baladas barulhentas. Veja se as paredes barram a poluição sonora.
  • Leia atentamente o memorial descritivo, pois ele detalha materiais, método de construção e acabamentos. A linguagem é meio rebuscada, então não se envergonhe de pedir ajuda para o amigo arquiteto ou engenheiro. O memorial é encontrado no Cartório de Registro de Imóveis.
  • Verifique no site do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H) a qualidade dos materiais usados na obra: www4.cidades.gov.br/pbqp-h
  • Confira a elétrica. O número de tomadas é suficiente? Se a resposta for negativa, você terá de quebrar paredes depois. Leve lâmpadas para se certificar de que os pontos de luz estão funcionando e teste as tomadas (use um carregador de celular, por exemplo).
  • Em imóveis antigos, veja se o quadro de luz tem disjuntores, mais seguros que os fusíveis.
  • Repare se os tacos estão abaulados – isso indica madeira verde, que empenará ainda mais com o tempo.
  • Cheque o caimento das bancadas de cozinha e banheiro jogando uma bolinha de gude. O certo é que ela vá em direção à cuba. Faça o mesmo para verificar o caimento no chão de ambientes com ralos.
  • Pisos quebradiços perto dos ralos indicam futuras infiltrações no contrapiso ou no vizinho de baixo.
  • Para saber se as portas e janelas estão de fato barrando a entrada de água e vento, observe o piso: se estiver dilatado, levantado ou úmido, será preciso melhorar a vedação.
  • Abra e feche portas e janelas para checar se as esquadrias de madeira ou de ferro estão bambas. Isso pode significar falta de manutenção nas roldanas que permitem às esquadrias correr. Elas devem ser consertadas, pois podem deixar entrar água e vento.
  • Procure furinhos e áreas fofas nas esquadrias de madeira, o que indica cupins e brocas. E cheque o funcionamento de maçanetas, fechaduras e dobradiças.
  • Abra as torneiras e aperte as descargas simultaneamente. Se um ponto roubar água do outro, a distribuição hidráulica não é suficiente. Ou você convive com o problema ou reforma toda a instalação.
  • Abra as torneiras e veja se a primeira água sai amarelada: isso significa que as tubulações estão enferrujadas e terão de ser substituídas.
  • Acione a descarga. Se houver água vazando em torno da válvula, significa que a peça está mal encaixada ou quebrada e precisa de reparo ou troca.
  • Veja onde fica o aquecedor a gás. Para evitar riscos, o aparelho deve ficar em ambiente ventilado. Se não der para mudar, considere trocar de sistema de aquecimento.
  • Acenda todas as luzes de uma vez, de preferência entre 18 e 20 horas. Se cair a intensidade da luz é porque o quadro elétrico está mal dimensionado.
  • Procure uma ponta de fio e veja se ele é de pano ou se o revestimento de plástico está ressecado. Lembre que os materiais velhos devem ser substituídos por fiação com revestimento antichamas.
  • Confira a conta de luz. Se estiver muito alta, pode significar uma fuga de corrente (a fiação fina fica sobrecarregada, aquece e eleva o consumo). Você precisará trocar os fios.
  • Dê uma leve batida nas paredes. Se o som for oco, pode haver dilatação nas paredes ou vazamento, o que pode provocar o descolamento do revestimento.
  • Toque as paredes. Se estiverem frias e úmidas, há sol de menos ou umidade demais.
  • Examine as paredes e o teto. Se foram pintados recentemente, pode ser para disfarçar problemas com umidade.
  • Bata de leve nos azulejos. Se faltarem alguns ou estiverem soltos, talvez tenha que trocar tudo e lembre-se de que nem sempre é fácil e barato achar algumas peças de reposição.
  • Procure trincas e rachaduras. Se elas forem grandes ou aparecerem no encontro de paredes e pisos, significa que há problemas na estrutura do prédio ou da casa.
  • Examine os armários e veja se as prateleiras e portas empenaram ou têm cupins e brocas. Eles pedem uma reforma cara que não compensa o resultado.
  • Toque o carpete e veja se está úmido – pode ser por falta de sol ou vazamento.
  • Observe o piso do imóvel. Se estiver estragado, precisará trocar todo o revestimento. Reformar o granilite é impossível, a cerâmica sextavada é difícil de encontrar e o ladrilho hidráulico novo fica bem diferente de um usado.
  • Confira se sob o carpete há tacos soltos e arranhados. Para reaproveitá-los, você pode colocar os que estão soltos com rejunte, lixar tudo e passar verniz.
  • Observe os tacos: se eles estiverem quebradiços nas bordas, provavelmente já foram lixados em excesso e não suportam outra recuperação. Você precisará trocá-los.
  • Respire fundo e sinta se há cheiro de mofo. Pode ser por falta de sol ou vazamento.
  • Olhe para cima e veja se o teto está escuro ou tem bolhas. Isso é sinal de vazamento ou infiltração.
  • Observe a fachada do prédio. Se faltam muitas pastilhas, o gasto com recuperação será alto. A fachada não pode ficar desprotegida.
  • Procure saber sobre o encanamento do edifício. Se ele for de aço galvanizado, com o tempo deverá ser trocado por cobre, PVC ou CPVC, e é uma despesa alta que terá de ser rateada pelo condomínio.
  • Investigue a elétrica e veja se a rede do prédio precisa ser atualizada.
  • Confira as instalações de telefone. Se os conduítes do prédio estiverem lotados de fios, precisará substituí-los por um tipo mais grosso, o que envolve trocar a instalação de todo o prédio.
  • Nos apartamentos usados, vale a pena bater um papo com o síndico sobre o valor do condomínio, as reclamações mais comuns dos moradores, o fundo de reserva para reformas caras, entre outros assuntos.
  • Olhe o forro e veja se está podre ou caindo. Pode haver infiltrações e é importante investigar as causas.
  • Visite o sótão: se o madeiramento estiver esbranquiçado, com furinhos e úmido, significa que há cupins, brocas e infiltração.
  • Observe se o telhado está torto ou formando uma barriga. É sinal de que o madeiramento empenou e deve ser trocado.
  • Verifique se as telhas estão quebradas ou fora do lugar. Pode haver entrada de água ou danos à estrutura do telhado, ao forro e às paredes. Você precisará trocar as telhas com problemas e fixá-las bem.
  • Confire se as calhas estão entupidas ou dificultando o escoamento da água. Será preciso limpar ou substituí-las, pois uma calha entupida faz a água refluir e se infiltrar em paredes e madeiramentos.
  • Observe a laje de cobertura por cima e por baixo e veja se a vedação do ralo está ruim, se há trincas e poças de água, se a superfície descasca. Isso significa que a impermeabilização está velha e danificada, causando umidade na laje e no interior.
  • No caso de prédio, descubra quem paga consertos do telhado e da laje. Se as despesas não são rateadas, então quem mora no último andar terá muitos gastos.

Participe da discussão

Compare listings

Comparar